Históri-cu
Ao Longo dos Anus
No Nosso Seio
Pro-cu-ra-se
Créditos Finais
         
Quem Semos ?       Donde é Que Nos Vimos?       Pronde é que Vamos ?

 
 

Pindéricus vem do latim Pindericum que significa deglutinadores de cerveja e porco assado.

O registo mais antigo onde se pode encontrar o Pindericum é nos balneários do Lamarão, na porta da sanita n.º 2. A primeira foto de que há memória foi tirada na estação no longínquo ano de 71 (não aparece o 19 para parecer mais antigo). Podem-se também encontrar inscrições antigas em S. Miguel, na garagem do Áureo e na Ribeira só para citar alguns.

Infelizmente as maiores, melhores e mais bem conservadas inscrições que faziam referência aos Pindéricus encontravam-se nas antigas instalações do F. Ramada. Com a demolição perde-se assim um dos maiores ex-pólios da civilização Pindericum. Apesar dos nossos esforços para elevar essas gravuras à condição de património mundial, a UNESCO não levou a sério o nosso telefonema às duas da manhã numa noite de luar.

Actualmente vestígios da civilização pindecum podem ser encontrados na antiga central de padarias ou nas antigas instalações da EDP.